terça-feira, 1 de junho de 2010

Sinto-me cansada!!!

Todas nós sabemos que a rotina de uma mãe não é fácil, afinal, exercer inúmeros “papéis” em um só dia, requer esforço físico e mental.

E para quem dúvida disso, responda, se você alguma vez já não viu uma mãe ser um pouco...
...MALABARISTA, afinal equilibrar objetos em uma mão e segurar um bebê que mais parece um “polvo” com seus inúmeros tentáculos no outro braço, requer no mínimo, muita calma e atenção;
....PALHAÇA, fazer caretas, cantarolar músicas infantis, dançar e inventar gracinhas fazem parte do repertório de uma mãe ansiosa para fazer seu filho comer bem ou para fazê-lo tomar um banho sem reclamar;
....MÉDICA, sim, essas mulheres são capazes de examinar gargantas, ouvidos e o que for preciso para descobrir alguma enfermidade no seu bem mais precioso;
Também estão inclusas no “currículo materno” algumas habilidades como as de PSICOLOGA, PROFESSORA, AMIGA, entre outras...
Todos esses papéis, muitas vezes, ainda precisam ser conciliados com as tarefas de uma dona de casa ou com a rotina frenética de uma mãe que estuda ou trabalha fora!
E depois de tanta “polivalência” o que nos resta no final do dia é um enorme CANSAÇO, que muitas vezes não poderá ser sanado como uma noite INTEIRINHA de sono como os demais mortais. E já que não podemos nos livrar deste cansaço, talvez por alguns anos, a solução mais sensata é aprender a CONVIVER com ele, não acham???
E qual a melhor maneira de viver em PAZ com tanto cansaço acumulado???
A resposta não é assim tão fácil, então reuni algumas “dicas preciosas” que consegui coletar, ao longo desses 12 meses no meu papel de mãe.
• Por maior que seja seu cansaço, não PENSE nisso o dia todo, isso só vai te fazer se sentir ainda mais cansada;
• Toda AJUDA é bem vinda, mas se você não pode contar com ninguém, não fique “martelando” que fulana ou ciclana poderia te dar essa ajuda, isso pode te gerar uma revolta interna, o que só fará mal a você mesma.
• Quando seu bebê tirar aquela sonequinha, procure descansar. Durma um pouco, tome um banho revigorante ou faça alguma coisa que te agrade, mas NUNCA deixe para FAZER AS COISAS CHATAS nessas horinhas sagradas. Tente, de alguma forma, fazer esse tipo de coisa, quando seu bebê estiver acordado.
• DURMA MAIS CEDO do que você costumava dormir antes de ter um filho, afinal 90% dos bebês e crianças acordam muito cedo e você precisa descansar para acompanhar seu ritimo.

E LEMBRE-SE:

SER MÃE É PADECER NO PARAÍSO!!!!!!!!!!!!!